Marietel brilha na Taça Mojo

 

No passado fim-de-semana, dias 3 e 4 de Setembro, realizou-se a Taça Ibérica Rotax, em Viana do Castelo, estando presentes os pilotos Paulo Moreira e Joao Correira.

 

 

 

Na categoria DD2 Paulo Moreira (Rotax/CRG) fez a melhor prova da temporada, mostrando claramente que esta cada vez mais adaptado a categoria de 2 velocidades.

 

 

 


Após a equipa ter optado por um novo mecanico para o piloto no passado mes de Junho o trabalho está a vista pois cotou-se sempre entre os mais rapidos mesmo estando presentes nesta prova varios pilotos que disputam o europeu da categoria bem como os pilotos espanhóis. Paulo Moreira na manga de qualificação efectuou um brilhante 3º Lugar, na pré final foi 4º e na final quando disputava a 4º posição com um adversario na ultima volta sofreu um toque que o relegou para o 7º Lugar. Parabens ao piloto e ao Juninho(mecânico) pelo brilhante trabalho efectuado.

 

 

 

 

Na categoria Max Joao Correia após a ausência em Braga mas ainda moralizado com a vitoria no prova caseira de Vila Real optou nesta prova por experimentar um novo chassis (Kosmic) e mostrou-se uma opção mais que acertada pois dominou por completo a sua categoria.

Desde sexta feira que se previa que ia ser o piloto a abater pelos seus adversarios dado os tempos que vinha a efectuar, e o mesmo veio a confirmar-se pois efectuou o tempo mais rápido nos treinos livre, nos treinos cronometrados. Nas corridas saiu sempre da pole position e nunca foi ameaçado por nenhum adversario efectuando a prova com um " a vontade" que este ano ainda nao se tinha visto, carimbando assim o passaporte para as Finais Mundiais em Abu Dhabi.


 

Na categoria Junior onde nao se encontra nenhum piloto da equipa Marietel, Bruno Borlido foi o piloto que enfrentou a maior concorrência, já que a categoria Júnior contou com 23 participantes. O jovem de Viana do Castelo não se deixou intimidar – nem mesmo pelo espanhol Alvaro Otelo, vencedor em 2010 – e pode mesmo dizer-se que deu um recital de condução: foi o mais rápido nos treinos cronometrados, venceu a manga de qualificação, a pré-final e a final. Francisco Mora assegurou o lugar intermédio do pódio e o espanhol Marc Gonzalez foi terceiro classificado.

Na categoria Mini-Max, o espanhol Alejandro Cutillas esteve imparável e só na corrida final é que Gonçalo Leite e Andriy Pits conseguiram uma maior aproximação ao piloto do país vizinho, tendo, no entanto, que se contentarem com os segundo e terceiro lugares, respectivamente.
A final da categoria Micro-Max foi a mais emotiva, já que o espanhol Axel Charpentier conquistou o lugar mais alto do pódio por apenas 0,025s sobre o compatriota Sami Worship Taoufik. Diogo Costa Pinto, piloto do Sporting Clube de Portugal, completou o pódio.


.